segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

A implantação mulçumana na África?

Tragédia de Natal na Nigéria: 27 mortos em duas explosões em igrejas cristãs. A Santa Sé disse que esses ataques demonstram um "ódio cego que não tem respeito algum pela vida."Atualizado 25 de dezembro de 2011





Compartir: Acceder al RSS Añadir a Facebook Añadir a Twitter Añadir a del.icio.us Buscar en Technorati Añadir a Yahoo Enviar a Meneamé  | 
8


Este domingo, dia de Natal, uma igreja local Gadaka Nigéria tem sido palco de uma explosão, o terceiro que afetam essas igrejas cristãs tradicionais durante a missa de Natal, como foi confirmado por testemunhas na área.


O explosivo primeira explodiu em uma igreja católica localizada na periferia de Abuja, capital nigeriana, assim como eles celebraram missa de Natal.

No momento não existem dados específicos sobre vítimas, mas os serviços de emergência têm reconhecido que não têm ambulâncias suficientes para evacuar os mortos e feridos toda a igreja de Santa Teresa de Madala aldeia. "Sim, posso confirmar que uma bomba explodiu em uma igreja Madala", disse um porta-voz da Agência de Gestão de Emergência Nacional (NEMA), Shuaibu Yushau, disse à Reuters por telefone."Nós já estamos lá, a retirada dos mortos e feridos, mas infelizmente não há ambulâncias suficientes. A maioria das nossas ambulâncias estão nas principais rodovias do país", explicou. Uma testemunha disse que a explosão causou a quebra das janelas de pelo menos uma casa nos arredores da igreja.

A segunda explosão em uma igreja em Jos, no centro da China, causando danos e ferindo um policial, conforme relatado pelas autoridades.Reação da Santa SéPor seu lado, o Vaticano condenou os ataques. Seu porta-voz, padre Federico Lombardi, disse que "infelizmente, neste caso, é mais uma prova da crueldade e do absurdo do ódio cego e sem respeito pela vida humana e procura provocar e nutrir mais ódio e confusão"."Estamos com os sofrimentos da Igreja e todo o povo nigeriano, pilotado por violência terrorista estes dias que deveriam ser de alegria e paz", acrescentou.



Link site Religião e Liberdade (Religion y Libertad)




0 comentários :