domingo, 17 de junho de 2012

A tragédia no Rio +20





De Luiz Fernando Vaz
URGENTE: delegados da Rio + 20 ESMAGAM, em um momento de descuido ambientalista, uma fila de formigas que passava em frente a uma das sedes do evento. Houve pânico e correria. Segundo relatos, a situação não estava controlada. Alguns delegados nervosos com o genocídio da colônia de insetos até agora não pararam de fumar gerando críticas da organização. "É um absurdo que se descontrolem dessa forma. Isso só prova que o cigarro é um vício degenerado". O representante do Irã ficou indignado com a matança: "Formigas não são judeus. Estou estarrecido. Meu país não aceita atrocidades como essa." Um estudante de biologia que estava passando pelo local colecionando horas extras para a faculdade explicou a origem das formigas: "É estranho. Essa espécie parece ser da Amazônia. Para que elas tenham viajado tantos milhares de quilômetros só mesmo se houvesse alguma intervenção milagrosa da deusa Gaia." A deusa foi lembrada em mais de um discurso na assembléia após o terrível acidente: "Nossa Deusa certamente está muito ofendida com esse lamentável ocorrido. Quero propor uma mentalização consciente em homenagem às formigas. Sintam como se envolvessem seus corpos em uma bola de luz", disse uma representante de ONG do Baixo Xingu com sede em Copacabana. Apesar do ocorrido, o momento de mentalização consciente foi um dos mais bonitos do evento. Uma mulher teve um aborto espontâneo provocado pela emoção (no que foi muito elogiada por contribuir para a diminuição da população). Mesmo assim Marina Silva quando soube do episódio das formigas menstruou pela primeira vez. (@lufvaz NEWS)

Postado no mural: LuizFernando.facebook

0 comentários :