quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Cotas: Os negros e o Brasil brasileiro


Meus Amigos,
 
O artigo de hoje do Demétrio Magnoli, publicado no Estado (http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,os-amigos-do-povo-contra-o-merito-,917264,0.htm) é uma peça muito importante e útil para se compreender o caráter deletério da política de cotas instituída pela classe política. Seu último gesto agora é reservar 50% das vagas das escolas públicas federais para alunos oriundos da rede pública. Acontecerá com estas escolas o mesmo que aconteceu com o ensino público fundamental: sua desqualificação e perda de relevância, no futuro servirá apenas para diplomação dos medíocres. O artigo do Demétrio brilha por fazer uma análise lúcida e completa do fenômeno. Volta-se ai odioso sistema do Antigo Regime, no qual a condição de nascimento supera a condição do mérito.

Cordialmente,
 
Nivaldo Cordeiro
-- 

 

0 comentários :