sexta-feira, 3 de agosto de 2012

O primeiro dia do julgamento

Meus Amigos,

Brilhou no primeiro dia do julgamento a ira fecunda do ministro Joaquim Barbosa, que se indignou com o ministro Rocaro Lewandovski e sua tentativa de desmembrar o processo do mensalão. Percebeu-se que se formou uma maioria silenciosa de ministros, em prol da legalidade e da boa ordem da Instituição. Não causou surpresa o fato do ministro Toffoli não se declarar impedido, em gesto de alta imoralidade. Não causou surpresa, todavia. Bem sabíamos que seria assim.



Cordialmente,

Nivaldo Cordeiro

0 comentários :