terça-feira, 20 de novembro de 2012

Leandro Narloch: Os Zumbis são os outros!


Nesta semana da "consciência" negra, deixo um excelente texto postado pela página Foco Liberal, onde Leandro Narloch destaca o símbolo do movimento negro, Zumbi dos Palmares:


Não sei ao certo o porquê Zumbi dos Palmares foi escolhido como um símbolo da luta contra a escravidão e contra o racismo, tanto que no dia do aniversário de sua morte é comemorado o "Dia da Consciência Negra" - e ainda é feriado em muitos lugares. Certo mesmo é que sua história foi romanceada, apaziguada e divulgada por historiadores marxistas entre as décadas de 1950 e 1980, talvez para tentar demonstrar que os quilombos eram uma das primeiras comunidades sem luta de classes, onde imperava a justiça social, a igualdade e a fraternidade (1), e é essa a história a qual muitos acabaram acreditando - inclusive os membros mais politizados de "comunidades" ou "associações" anti-racismo.

Na sua época os quilombolas faziam guerras, sequestros, roubos, estupros e mantinham outros negros como escravos. Que herói, símbolo de um grupo de pessoas que se denomina de alguma forma diferente das outras por causa de alguma característica particular de melanina 
mantém seus próprios membros em regime de escravidão ? Só se for mesmo um "herói" no estilo marxista ....

Que tipo de justificativa há quando legisladores criam leis que asseguram, sob à força de armas, leis e coerção, cotas para um determinado grupo com certa tonalidade de cor - e envia as despesas para a sociedade? Dívida histórica ? Prefiro as palavras da verdadeira liberdade de escolha de outros membros da humanidade:Thomas Sowell, Morgan Freeman e Walter William.





(1) Leandro Narloch, Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil, Leya, 2009, página 73-78

0 comentários :