segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Lulinha: de lixeiro a milionário, sem precisar de Mega Sena






por: Marcelo Reis 


Mega Campeão do Brasil de enriquecimento súbito é o proprietário desta Fazenda. Fazenda Fortaleza comprada e certificada em Cartório de Registro de Imóveis .

Proprietário: Fábio Luis Lula da Silva
Propriedade: Fazenda na região de Valparaíso/SP
Preço: 47 milhões de reais

Pois é, o Lulinha, o filho do Presidente Lula, que há 05 anos era subempregado do Zoológico em São Paulo, comprou a fazenda Fortaleza (de porteira fechada) localizada às margens da rodovia Marechal Rondon, município de Valparaíso-SP, de propriedade do Sr. José Carlos Prata Cunha, um dos maiores produtores de boi Nelore do Brasil, pela simples bagatela de R$ 47.000.000,00 (quarenta e sete milhões de reais).
Essa é a nova fazenda (*)
O impressionante nesta trajetória de sucesso e rara inteligência é que de um salário de R$ 1.500,00 passou a proprietário, de uma vez só, de um patrimônio de 47 Milhões. O que levaria 2.612 anos.

Veja só que competência, logo depois de comprar, levou essa fazenda a ser a primeira a receber o Certificado de Exportação de carne para Europa.
foto: google(*)
Mas não fica só nisso a competência deste EMPREENDEDOR de sucesso.

No Pará nas regiões de Redenção , Marabá e Carajás, ELE comprou de Benedito Mutran Filho, herdeiro do conhecido Bené Mutran (homen forte da castanha) várias fazendas totalizando R$ 100.000.000,00 isso mesmo. Cem milhões de reais.

Sócios no negócio:
Duda Mendonça e Daniel Dantas.

(*): Acréscimos do blog

Marcello Reis é Fundador Revoltados ON LINE
postado por:RevoltadosOnLine.com

2 comentários :

  1. Cara... Tenho amigos que viram o próprio Lula sair de lá em um helicóptero da FAB... O Papai Noel tava passando de trenó por ali bem na hora... Depois ele me contou... O Coelhinho da Páscoa ficou de cara...
    MAS VAI CHUPAR UM CARPIM SUJO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Das duas, uma: o Conservador é burro ou é mal intencionado. Nenhuma das duas situações é desculpa.

    ResponderExcluir