segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

PT: A dama e o vagabundo


Ironias, velhas ironias. Lula, a cada dia, mostra que é o maior mentiroso de toda a história do Brasil republicano. A dama é tão dama quanto o vagabundo. O Brasil, que era o país dos protestos e quebradeiras, tornou-se o país do politicamente-corrupto-correto. 

Rosemary tinha relacionamento com Lula desde 1993, como "simples fã". A Polícia Federal interceptou e-mails que mostram o relacionamento antigo de Lula e Rosemary. Ela fazia parte do sindicato dos bancários, aproximando-se de Lula antes da corrida presidencial. Em 2002, Lula se tornou presidente. Em 2003, Rosemary virou "assessora especial" do escritório regional da Presidência em São Paulo. Em 2006, por decisão do próprio Lula, foi promovida a chefe do gabinete e passou a ocupar a sala que, na semana retrasada, foi alvo de operação de busca e apreensão da Polícia Federal.

Desde o mensalão, Lula vem dando as seguintes explicações: "não sei de nada - não ouço nada - não falo nada". O caso Rosemary Nóvoa traz de volta os escândalos do PT atual: os guerrilheiros só queriam dinheiro. Os caras pintadas de ontem, movidos pela Partido dos Trabalhadores, faziam coro contra o "globalismo", ecoando o discurso da pureza, impregnado no PT. Como disse a mentora da (imbecilidade) esquerda nacional, Marilena Chauí, o PT "é um partido que representa a honestidade, um partido íntegro". O que se vê hoje é que o partido representa um conluio de bandidos, estelionatários. 




Em conversa com um amigo fanático, marxista nato, soam as palavras daquele velho chavão esquerdista: "o PT não representa as ideias da esquerda" - já que, para ele, o "PT traiu a esquerda". O mais engraçado é pensar que o PT representa e sempre representou o que a esquerda sempre quis: poder e dinheiro. É só dar aquela passadinha na velha guarda, nos "primórdios da história" e reparar que a esquerda sempre, ao tomar o poder, dispõe dos grandes chefes trogloditas que adoram ao dinheiro, valendo-se dele para usufruir de suas mansões, palácios, carros de luxo, vida de "capitalista", com a população pobre e oprimida no outro, fazendo o discurso do "anti-imperialismo que nos rouba". 

Conservadorismo Brasil 

Deixo aqui os comentários preciso de Nivaldo Cordeiro: 



0 comentários :