terça-feira, 13 de agosto de 2013

As Crianças da Raça Dominante: a Raça Ariana

12 de agosto de 2013 às 22:26  por: Noeli Sangiovo

  O documentário intitulado "Os Últimos Nazistas - Parte 3 - As Crianças da Raça Dominante" (na íntegra: https://www.youtube.com/watch?v=Ohw-ItAwzYc) trata da declaração de pessoas que viveram dentro do Regime Nazista e foram vítimas do governo de Hitler. Pessoas estas que passaram parte de suas vidas tentando resgatar a própria história e identidade ocultada pelo regime de esquerda: o nacional-socialismo.


  Durante a Alemanha Nazista foi criada uma Instituição chamada Lebensborn ou "Fonte de Vida", para ajudar mulheres grávidas de 'bom sangue', sem ascendência judaica. Esse projeto era supervisionado por Himmler (chefe da SS e Gestapo) com a intenção de desenvolver a Raça Ariana. Havia um incentivo a formação de famílias numerosas bem como, a relações extraconjugais, onde as mães solteiras eram auxiliadas pela Lebensborn. Uma das vítimas deste Estado afirma: "Se você não tem mãe e pai, pertence a nação". Eram 30 bebês em cada sala, onde seus desejos não eram atendidos (como alimentação e higiene), era um local para que as vontades fossem reprimidas para que então, outra vontade fosse imposta. Os pais permaneciam anônimos, o Reich era a autoridade sendo que Himmler selecionou algumas crianças para ser padrinho (ao menos 50 crianças de membros da SS).

  Em 1939, a Alemanha invadiu a Polônia e teve inicio a 2ª Guerra Mundial, Hitler queria que a Polônia fosse reduzida a uma nação de escravos, a aristocracia, o clero e intelectuais deveriam ser exterminados.

Himmler acreditava que o desenvolvimento da Raça Nórdica estava ocorrendo de forma lenta, crianças da Instituição eram traficadas para fora da Alemanha (por exemplo, para a Polônia), possibilitando a expansão do território para a Raça Ariana. Havia um Serviço Racial, onde eram realizadas medidas referente ao fenótipo humano bem como as demais características da raça ariana (cor dos olhos, da pele, dos cabelos, o formato da cabeça, das orelhas). Até o final da guerra mais de 200 mil crianças arianas tinham sido roubadas na Polônia e na Rússia.

  Com essa intenção de formar uma raça perfeita, os portadores de deficiências eram considerados um fardo, e para isso a propaganda nazista na mídia defendia a ideia de que nos próximos anos aumentaria o número de doenças hereditárias, de tal forma que não poderiam continuar a procriar. As imagens e mensagens nazistas quanto a este fato eram tão horrendas que a nação passou a apoiar a esterilização (Hitler defendia a esterilização desde a entrada no poder em 1933). Cerca de 400 mil mulheres foram esterilizadas a força, por serem doentes mentais, cegas ou até mesmo deprimidas.
  Logo a esterilização se transformou em extermínio, em segredo Hitler sancionou a eutanásia. Mais de 70 mil geneticamente indesejáveis foram assassinados em câmeras de gás, os cérebros eram dissecados para pesquisa genética.

  Depois da derrota da Alemanha em 1945 o mundo começou a perceber os horrores do regime nazista. No julgamento pós guerra (em Nuremberg) muitos dos responsáveis pelo Lebensborn não receberam pena, alegando que a Insituição era "uma rede social para órfãos e crianças ilegítimas" .
  Uma das crianças selecionadas para a Lebensborn declara ainda no documentário: "Na minha consciência, sempre sou a contra-parte daquelas pessoas que tinham que morrer. Não é de admirar que me sinta culpada. Se você é parte do outro lado." Pode-se perceber que a culpa para ela, foi uma herança deixada por seus pais.

  "Estima-se que 16 mil crianças Lebensborn nasceram nos territórios ocupados pelos nazistas, entre 1935 e 1945; 40 mil sequestrados retornaram à Polônia depois da guerra. Estima-se que 150 mil sequestrados permaneceram na Alemanha. Muitos desconhecem totalmente suas verdadeiras origens."



Um comentário :

  1. ARTIGO DE UM PANACA EBESTALHADO HOLOCAU$TIZADO QUE NÃO DIZ QUE OS RACISTAS JUDEUS SE DECLARAM ABERTAMENTE E NA MAIOR CARA DE PAU QUE SÃO "O POVO ELEITO" POR DEUS! QUEM É O VERDADEIRO RACISTA, SEU PANACA?!

    ResponderExcluir