quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Armahda: História do Brasil, Monarquia e Heavy Metal

Você gosta de estudar a História do Brasil? É monarquista? Curte Heavy Metal? Então gostará da dica que lhe darei. Apresento-vos a banda Armahda!

Formada em 2013, Armahda gravou seu primeiro álbum homônimo totalmente independente – sem Rouanet e sem grandes gravadoras bancando-a. Com um som que às vezes lembra à alemã Blind Guardian, com uma pitada thash, Armahda traz em suas letras muita História do Brasil – principalmente sobre o período colonial e imperial – e de forma politicamente incorreta, sem frescuras. Eu, sinceramente, não sei se os membros são monarquistas ou se simpatizam com o movimento monárquico, porém, caso não sejam, são os republicanos mais monarquistas que já vi. Penso isso por escreverem letras como a de Flags In The Wind:
“Flames in the north
Spears in the south
The first volunteers
To join the crowd
Bring back the ashes of the old emperor now.’

Ou então a magnífica Last Farewell, que fala, com muita poesia, dos últimos dias de vida do Imperador deposto por um golpe militar Dom Pedro II, o qual faleceu em exílio. A canção, inclusive, foi escrita com ajuda de estudos de renome e de um livro doado por descendentes da família imperial:

A banda atualmente está trabalhando na produção do segundo álbum que deve sair em 2017. No canal deles no YouTube você encontra praticamente o álbum de estreia completo para ouvir, com as letras e um breve texto explicando sobre de que se trata cada música. Aprecie:
Armahda no YouTube

0 comentários :