segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Doutrinação nas Instituições de Ensino existe?


Existe Doutrinação nas Instituições de Educação no Brasil? Veja alguns exemplos e tire suas próprias conclusões.



Engana-se quem diz que não existe uma pregação Socialista/Marxista nas escolas e universidades do País, a chamada Doutrinação Ideológica. Na verdade, a maioria das pessoas que propagam isso, são professores, educadores e alunos, que fazem parte desse aparelhamento sistemático e  interligado à dominação petista.

Vamos a alguns exemplos de que isso ocorre de forma descarada


Livro adotado por escola de Londrina para alunos do 4º ano (crianças de 9 anos de idade).

Alguns trechos do Livro didático mais vendido no âmbito Estadual - A nova História crítica, de Mário Schmidt
Questões feitas em um dever de casa, para crianças de 10 anos, em uma escola de Contagem-MG
E o que isso tem a ver com matemática?
Trabalho Complementar de Sociologia e a lavagem cerebral correndo solta.
O PARTIDO MANDA, A MILITÂNCIA OBEDECE - Professor de história de um colégio particular em Duque de Caxias-RJ

UFFS, Universidade Federal da Fronteira Sul, Chapecó, SC

Professor titular da Escola de Comunicação da UFRJ declara sua ação covarde em sala de aula. Para esse professor, a comunicação mesmo só tem uma via.

Esses são apenas alguns exemplos de que há, realmente uma lavagem cerebral nas Instituições de ensino, de um modo geral. Segundo o advogado e Fundador do Projeto Escola sem Partido, Miguel Nagib, “Professores abusam da presença obrigatória dos alunos em sala de aula para promover suas próprias preferências políticas, ideológicas e partidárias e que “Em sala de aula, professores têm liberdade de ensinar, mas não têm liberdade de expressão.”

A realidade é que, por conta dessa doutrinação desenfreada, o Brasil possui um dos piores índices de educação do mundo, pois ensinam de tudo, menos o que é relevante, como português, matemática, ciências, etc. Por exemplo, na primeira ilustração, um livro que faz apologia ao incesto, sem falar nessas cartilhas imundas do MEC, que ensinam imoralidade e libertinagem, sendo que a educação sexual deve ser feita pelos pais. Qual a necessidade dessa antecipação de fases? Deixem as crianças serem CRIANÇAS.

É uma lástima, você deixar de estudar história, Sociologia, geografia,etc. matérias da área de Humanas, de um modo geral, por exemplo, porque estão impregnadas de ideologismo, onde os professores fazem, declaradamente, sua militância partidária. Isso reflete nos resultados de testes internacionais, e o que se constata, em mais de 50%, é um alto índice de analfabetos funcionais, tanto no ensino médio, como nas Universidades, por conta do péssimo nível dos professores e um fracasso total desse modelo marxista doutrinador, em que as instituições se tornaram um antro de militância e de propagação da Luta de classes.

E o que fazer para reverter esse quadro de anos de idiotização? Escola sem Partido, que tem como objetivo, estabelecer uma nova regulamentação para a atividade profissional de professores, proibindo o que chama de doutrinação nas escolas do Brasil, seria uma boa estratégia? Vamos às palavras de Olavo de Carvalho: 


Não é tarefa da escola fazer lavagem cerebral em seus alunos e, sim, informar e não propagar quaisquer que sejam as ideologias vigentes. A verdadeira função das instituições de ensino é promover o espírito analítico e crítico, diferente do que acontece atualmente, pois para o Sistema, quanto mais burro for o povo, mais fácil ele será dominado.

Quando essa doutrinação acabará? Difícil responder. Tarefa difícil, uma vez que a maioria das instituições estão impregnadas com ideologias esquerdistas/marxistas. Muitos anos passarão, até que se consiga chegar a uma situação de equilíbrio. Cabe aos pais e responsáveis e toda a sociedade cobrar, fiscalizar e coibir e não ficar com os braços cruzados, por estarem acostumados com essa hegemonia.

Não vamos deixar que nossos filhos tornem-se Zumbis robotizados. Vamos começar a agir?

Por: Rosi Caraciolo



Pra finalizar, alguns vídeos que mostram, descaradamente, essa doutrinação.









0 comentários :