quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Facebook cada dia mais agendado com ideologia de gênero e movimentos totalitários

Depoimentos de ex-funcionários de que os filhos de Zuckberg estariam censurando páginas de direita já não era mais boato. Mas o que se vê no Brasil é uma vergonha total. 


Não bastando a associação do nome do deputado totalitário, Jean Wyllys, diversas páginas de direita no Brasil tem sofrido ataques e censuras por posts simples, até que tratam de cunho histórico e relevante. 

Neste ano de 2016, diversas páginas grandes, como a Bolsonaro Zuero e Orgulho de Ser Hétero, foram derrubadas por falsas denúncias e posts censurados pela "política de privacidade" do Foicebook. 

Posts como este vêm sendo denunciados "automaticamente" pelo Facebook, sem que haja uma explicação: 


A jornalista Paula Soprana, do site da Revista Época, em maio desse ano, vinculou uma notícia de que ex-funcionários, em depoimento ao site Gizmodo, levantaram suspeita sobre a neutralidade da seção de notícias populares – que se assemelha aos trending topics do Twitter e foi criada para elencar as histórias mais populares da rede social. De acordo com relatos de ex-empregados, os responsáveis por esse módulo eram acostumados a suprimir notícias de interesse aos leitores conservadores nos Estados Unidos.

Um jornalista que trabalhou no projeto e não quis ser identificado revelou que histórias ligadas à direita política, envolvendo Mitt Romney, Rand Paul e outros tópicos da época, não iam para a seção de notícias populares, mesmo que estivessem organicamente entre as tendências de leituras dos usuários do site. Outro critério eram notícias relacionadas à empresa, que não deveriam aparecer na lista. "Dependendo de quem estava no turno, as coisas seriam incluídas na lista negra ou consideradas tendências," disse um dos antigos curadores ao veículo.

Veja esse desenho, entenda se há algo para ser censurado nele. Apenas a vergonha de saber que a esquerda pratica mesmo estes crimes. São totalitários desde o início. Nossa página @Bra24horas/ sofreu censura já com esse post abaixo. Fora denúncia em outros, com ataques em massa de esquerdistas analfabetos totalitários, que não podem ver nada contra e já vão atacando. 


0 comentários :