terça-feira, 25 de outubro de 2016

Gleisi Hoffmann culpa "extrema direita" pela morte de estudante



Gleisi Hoffmann, mais conhecida como a "barbie do PT", mais uma vez deu chilique nas redes sociais ao saber da morte do estudante em uma escola invadida em Curitiba, nesta última segunda-feira (24). 

Após o caso ocorrido ontem (veja aqui: Aluno morre em escola invadida no Paraná), Gleisi disse:  "Não podemos permitir que grupos de extrema direita tentem usar essa tragédia para desmobilizar o movimento estudantil Ocupa Paraná...". Ou seja, para a barbie comunista, a culpa é sempre da "extrema-direita".  

Estudante do 2º ano matutino do ensino médio no colégio, Lucas  Lucas E. de Araújo Lopes, foi assassinado com uma faca doméstica supostamente após uma briga iniciada do lado de fora com um aluno de 17 anos do 9º ano do fundamental 2. Ele ajudava outros estudantes na ocupação da escola desde o último dia 14.

Atualmente, o Paraná conta com 850 escolas ocupadas em todo o estado, com professores de extrema-esquerda, sindicalistas, alunos e militantes de movimentos sociais. 



Um comentário :

  1. Pec 241: quem sustentou a farra, que pague a conta. Esse povo tem que aprender que votar tem conseqüências. Votou mal, paga.

    ResponderExcluir