quarta-feira, 9 de novembro de 2016

É arquivado processo contra Bolsonaro por homenagear Cel. Ustra


A Justiça foi feita, o Conselho de Ética da Câmara decidiu nesta quarta-feira, por 11 a 1, arquivar o processo de cassação do mandato do deputado Jair Bolsonaro (PSC), por ocasião de o deputado ter homenageado o herói do Regime Militar Coronel Brilhante Ustra  (1932-2015) em plenário, na votação pelo Impeachment de Dilma Rousseff.
Bolsonaro apoiou sua defesa no regimento que dá liberdade aos parlamentares de expressar quaisquer opiniões sem serem penalizados por isso.
O Coronel Brilhante Ustra comandou o DOI-CODI (Destacamento de Operações de Informação) do 2º Exército (SP) entre 1970 e 1974, no auge do combate aos terroristas da esquerda armada. Vale lembrar que o Coronel nunca foi sequer condenado pelos crimes dos quais o acusam; entretanto, é autor do livro A Verdade Sufocada, no qual conta com detalhes o que realmente aconteceu naquele período.
Veja o depoimento de Jair Bolsonaro no Conselho de Ética:


0 comentários :