sábado, 5 de novembro de 2016

Escola Indígena de Pernambuco doutrina crianças contra a PEC 241


Você ainda acredita que não há doutrinação neste país? Mais um exemplo:

A escola da comunidade indígena "Truká", através da vereadora Pretinha Truká, fez atos de militância com crianças indígenas contra a PEC 241 numa escola local do povoado. 




Pretinha, que é educadora indígena contratada pelo estado, é uma grande militante entre os povos da região e ativista de esquerda. 

Em nota no facebook, a  vereadora relatou: 
"Hoje foi feito um trabalho de conscientização política em todas as escolas indígenas de Pernambuco, não podemos nos calar diante do que está acontecendo no Brasil, não somos melhores do que ninguém, mas não aceitamos nenhum direito a menos.
Esse governo não nos representa!

Fora temer, e leve com você a PEC 241...."






Os Truká, de acordo com o site da Universidade Federal de Pernambuco, vivem na Ilha da Assunção no médio rio São Francisco, no município de Cabrobó. Estão estimados em 3.463 e tem seu território com uma superfície de 5.769ha. 



Para preservar a infância desses pequenos, mantivemos seus rostos assim, para que não sejam reconhecidos por foto, infelizmente no perfil da vereadora. 

Lamentável fato. 



0 comentários :