quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Maduro poderá cair na Venezuela

Após golpes sucessivos e ditadura socialista, Maduro e o bolivarianismo Chavista poderá cair na Venezuela.


A Assembleia Nacional venezuelana, com maioria da oposição ao governo, aprovou nesta terça-feira (25) a abertura de um julgamento sobre a responsabilidade política do Nicolás Maduro, o que o presidente classificou como "golpe parlamentar" (esquerda só muda de endereço). A oposição acusa Maduro de quebrar a ordem constitucional e promover um golpe de Estado, com suspensão do processo de convocação de um referendo revogatório.

O presidente da Assembleia, o opositor Henry Ramos Allup, explicou que o Parlamento tem o poder para julgar as responsabilidades políticas do presidente após uma avaliação prévia, mas não de promover um julgamento que leve à destituição de Nicolás Maduro, o que seria competência do poder judiciário.


O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, convocou as mais elevadas autoridades de defesa e dos poderes públicos para avaliar o que chamou de "golpe parlamentar" da oposição.

"No uso das minhas atribuições (...) convoquei para amanhã (quarta-feira) às 11h da manhã (13h, pelo horário de Brasília) o Conselho de Defesa da Nação, todos os poderes públicos para avaliar o golpe parlamentar da Assembleia Nacional", afirmou Maduro, durante manifestação com de seus simpatizantes em Caracas.


Maduro agora tem tentado acordos (barganhas) para que os opositores voltem atrás. O que se sabe é que esse criminoso está tentando manipular os opositores para que não saia do poder. 

0 comentários :